Casais Favoritos – Parte IV – Literatura

Completando a série de casais inesquecíveis, vamos às histórias mais tocantes da literatura.

Começo com Romeu e Julieta, é certamente a história de amor que vem à mente de todos quando falamos de casais da ficção. O amor infeliz de dois jovens de famílias inimigas. Conto atemporal…

“Sinistra paz traz consigo esta manhã; para nos mostrar sua dor, o sol velou o seu rosto.(…) Uns serão perdoados, outros serão punidos, pois jamias história alguma houve mais dolorosa do que a de Julieta e de Romeu.”

 

Versão cinematográfica do casal, por Franco Zefirelli.

Tenho que repetir Lizzy e Darcy, que é um dos meus casais favoritos. Além disso Orgulho e Preconceito é um livro muito popular, linda história, romantismo na dose exata e muitas reviravoltas…

“Em vão tenho lutado, mas de nada valeu. Meus sentimentos não podem ser reprimidos e permita-me dizer-lhe que a admiro e a amo ardentemente.”

 

Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy na versão para cinema de Orgulho e Preconceito

Senhora, de José de Alencar – uma crítica a decadência de valores do Segundo Império. Através do romance entre Aurélia Camargo e Fernando Seixas, ele leva o leitor a refletir a respeito da influência do dinheiro nas relações amorosas e principalmente, sua influência nos casamentos da época.

 

Versão televisiva de “Senhora”

O Alquimista de Paulo Coelho, além de contar uma linda história sobre sonhos e fé, traz um lindo romance entre Santiago e Fátima.

“E o rapaz ficou por muito tempo sentado ao lado do poço, entendendo que algum dia o Levante havia deixado em seu rosto o perfume daquela mulher, e que já a amava antes mesmo de saber que ela existia, e que seu amor por ela faria com que encontrasse todos os tesouros do mundo.”

Um dos meus casais favoritos, e mais divertidos são Ron e Hermione, da saga Harry Potter. Eles roubam totalmente a cena do romance do protagonista, e o amor deles é constuído de uma maneira muito fofa… começam como crianças briguentas, mas logo logo a gente percebe que terá futuro… e o desfecho é lindo… leiam “As Relíquias da Morte” e vão se emocionar.

 

Não é uma saga que gosto muito, mas tinha que citar “Crepúsculo”. Bella e Edward, querendo ou não, marcaram época não é? Já falei um pouco aqui:

https://cleidescully.wordpress.com/2009/10/16/um-edward-cullen-pra-chamar-de-seu/

A Dama das Camélias, de Alexandre Dumas Filho. Dama das Camélias conta a história de uma cortesã francesa, em meados do século XIX, que encanta Paris com sua beleza, suas artimanhas no amor e no sexo.  Margarida e Armand vivem uma grande paixão impossível pela segregação social da sociedade burguesa classista. O pai de Armand convence a Dama das Camélias que aquela relação é uma ruína para a família e para o futuro do filho. A Dama comove-se. Num ato de nobreza incomum, renuncia a Armand.

Gostaram? Lembram de mais algum par famoso da literatura brasileira ou universal?

Feliz dia dos namorados pra todos!

Advertisements

Uma resposta to “Casais Favoritos – Parte IV – Literatura”

  1. Meus Casais Favoritos: Ethan e Vanessa Penny Dreadful | Colcha de Retalhos Says:

    […] quem se interessa pelo assunto escrevi sobre ele em vários momentos: parte I, parte II, parte III, parte IV e em outro artigo […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: