E 2012 Começou…

Parece estar um pouco atrasado este artigo, mas geralmente as coisas vão entrando nos trilhos em Janeiro e começam a entrar em uma certa rotina em Fevereiro. Eu não tive férias, mas assim são as coisas no Brasil, estava esperando “sentir” melhor a vibração do ano novo…

Leia o resto deste artigo »

São as águas de Março…

É pau, é pedra, é o fim do caminho

É um resto de toco, é um pouco sozinho

É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã

É um belo horizonte, é uma febre terçã

São as águas de março fechando o verão

É a promessa de vida no teu coração

pau, pedra, fim, caminho

resto, toco, pouco, sozinho

caco, vidro, vida, sol, noite, morte, laço, anzol

São as águas de março fechando o verão

É a promessa de vida no teu coração.” – Tom Jobim

Passadas as emoções do Natal, as promessas do ano novo e a loucura temporária do Carnaval, iniciamos Março, o mês de cair na real… literalmente. Se tomamos várias resoluções no ano novo e renovamos as energias no amor entre a família e amigos no Natal, e para quem se deixa esvair na folia do carnaval, Março é o temo de colocar em prática os planos, e realmente nos esforçarmos para cumprir as promessas que fizemos para nós mesmos. Leia o resto deste artigo »

O que esperar dessa década???

Meus amigos e amigas… nessa correria louca de fim de ano, eu nem tinha me conscientizado, que estamos estreiando a segunda década dos anos 2000!

Nas minhas reflexões, eu estava pensando que essa década é uma década grave para os que como eu, entraram na casa dos 30 [só em off, tenho pelo menos 7 amigos fazendo 30 esse ano].

Divagando sobre o assunto… eu pensei que essa para nós [os trintões] é uma década decisiva. Pensem comigo… quem não casou ainda, vai casar nessa década, ou resolver ficar solteiro(a) convicto(a).

Quem ainda não resolveu a vida profissional, nessa década  ou resolve, ou resolve, não tem opção já que todos estudamos tanto!

E quem ainda não tem filhos? Nós mulheres, temos que nos resolver nessa década – a não ser que a ciência arrume um jeito de termos filhos quarentonas! Ou que estejamos dispostas a adoção.

É muita pressão…

Aí, eu fiz uma lista do que eu penso para esses 10 anos… vou liberar o meu lado premonitório…

Para o mundo:

Eu torço muito que para nessa década, as pessoas aprendam a valorizar outras qualidades que não só a beleza física. Especialmente que só o fato da pessoa ser bela segundo os padrões da mídia [e as vezes imcompetente] não abra portas de facilidade. Que isso seja o privilégio de quem realmente se esforça! E que possamos enxergar outros tipos de beleza que não as pasteurizadas.

Que possamos efetivamente fazer da idéia de Desenvolvimento Sustentável –  ação, e que assim aprendamos a lidar com os problemas ecológicos de uma maneira mais madura e sensata… que a nossa ganância seja refreada em nome do bem estar coletivo… comprar sem tanto desespero, andar mais à pé e de bicicleta, se alegrar com pequenos prazeres, como olhar o mar ou as montanhas…

Adoraria que as pessoas passassem a ter um pensamento menos preconceituoso com a religião alheia, e que o pensamento religioso, ou filosofia de vida de cada um, fosse uma forma de unir e não de separar as pessoas. Antes de condenar, que as pessoas tivessem a disposição de entender a crença do outro: de onde vem? Qual seu contexto cultural? O que tem de semelhante com a minha crença?

Seria muito legal, que essa onda de relacionamentos descartáveis e uso do sexo como apenas diversão  passasse, e fosse substituida por relacionamentos maduros onde haja amor a si mesmo e ao parceiro. E que assim as crianças das próximas gerações pudessem ser educadas em lares amorosos onde haja respeito, educação, energia, e afeto.

 E falando em relacionamentos, que as pessoas cortassem de vez com essa história de competição entre os sexos! Que as mulheres cessassem de se masculinizar para conquistar o lugar dos homens, e os homens intimidados, ao invés de se tornarem sobremaneira delicados, resgatassem uma masculinidade mais tranquila que não domina o feminino mas que lhe tem como complementar.

Bom… esses são desejos cruciais para a humanidade, agora algumas coisas mais pessoais e algumas mais fúteis, mas não menos importantes:

Que J. K. Rowling escreva mais Harry Potter, talvez para preencher o hiato de 19 anos no epílogo de “As Relíquias da Morte”.

Mais um filme de Arquivo X, onde Mulder e Scully conseguem reencontrar seu filho perdido: William, e que possamos vê-los salvar o mundo, para serem novamente uma família.

Um filme da série “Friends” para que a gente saiba o que está rolando na vida daquela turminha maluca dos anos 90.

Exposições de grandes pintores universais, como Van Gogh, Renoir, Klimt, no Brasil.

Girassóis - Van Gogh

A moda seja mais democrática e vista todos corpos de todas cores!

o comercial de sabonete expressa bem isso

E desejos pessoais:

Eu quero ler muitos e muitos livros e que cada vez mais as histórias sejam fascinantes! Quero também escrever o meu! Só não sei sobre o quê.

A bem curto prazo comprar um carro.

Nessa década, sem falta, quero conhecer a minha adorada Paris!!!

 

Quero fazer doutorado numa área que traga novidades para mim e para o mundo, e quero poder ter um emprego que me permita fazer pesquisa e ser bem recompensada por isso.

Fazer muita yoga pra chegar nos 40 sarada, feliz, flexível, lindona e zen! 

Viver um grande amor – isso dispensa maiores explicações.

Vestir um Danielle Benício e ser fotografada por Kika Antunes!

Ter filhos… de preferência mais de um. Eu gosto mais de meninos, mas as meninas também são bem vindas… já tenho nomes, mas é segredo.

 

E você? Já fez sua listinha da década? O que vai ser moda? O que vai mudar? O que você deseja?

Idade de Bridget Jones

Desculpem a minha demora entre os posts… quase nunca consigo fazê-los diariamente. É que meus textos, são resultado de assuntos sobre os quais eu costumo refletir, ler, algo que assisto. Qualquer coisa que ocupe meus pensamentos.

cena de "O Diário de Bridget Jones"

Pra quem não sabe, eu faço aniversário no início do ano, e essas épocas nos pegam mais reflexivos… além da virada do ano, tem a minha virada cronológica. E esse ano é especial, digamos que é uma idade que me assustava. Nem dos 30 tive medo, fiz uma festança quando virei balzaquiana, mas esse ano… ah, a idade de Bridget Jones. Quando eu assisti ao filme pela primeira vez, achei isso tão distante! Pensava, “ah, até lá eu estarei casada, bem sucedida, não vou passar por esse ridículo todo que ela passa”. Cá estou eu, batalhando por uma carreira [não nego que certamente estudei muito mais que ela!] e por todas as coisas que à essa altura da vida uma mulher deseja [como diria a Scully de Arquivo X], e Graças a Deus, sem fumar e beber tanto quando a Bridget.

Mas é engraçado, porque parece que para a sociedade, mulher tem prazo de validade. Parece que pararam no século XVIII quando uma mulher se não casasse, não tinha futuro, porque não estudava, não recebia herança, que só passava para filhos ou parentes homens… era casamento ou casamento!

Eu fico pensando, que quando inventarem algum jeito de ter filhos até os 50 anos, vai ser uma revolução como a invenção da pílula anticoncepcional… a segunda libertação da mulher. Assim não vamos ter mais que ouvir das amigas casadas, com uma penca de filhos [e as vezes infelizes] que você tem que casar com o primeiro que aparecer para procriar… [não me entendam mal, eu não sou contra casamento, e adoro crianças. Sou contra  casamento sem amor, só pra satisfazer a sociedade enquanto se submete a si, ao outro e aos filhos a uma vida cheia de infelicidade e tédio! Só o amor pode concertar esse mundo, e não o contrário!]

 

O fato é, que eu sempre entro um ano esperando mil coisas, mas esse ano, não tenho expectativas muito claras, apesar de sempre desejar coisas boas e acontecimentos especiais. Eu ainda não sei o que esperar dessa idade… Bridget Jones entrou o ano arrasada: se sentindo gorda e ridícula, numa festa fim de carreira na casa dos pais, emprego medíocre e sem namorado. Do ano que ela não esperava nada, saiu com um emprego melhor e conheceu o seu par perfeito: Mark Darcy – que merece um post à parte! [https://cleidescully.wordpress.com/2010/01/14/homens-que-deviam-existir-no-mundo-real%e2%80%a6-mr-darcy/]

 

Quem sabe essa temida idade seja cabalística, onde tudo que não se resolveu ainda se resolva??? Tomara que seja!!!

 

E vocês, já viram o filme? Leram o livro? Já passaram da idade de Bridget pra me contar se é uma idade cabalística??? Também acham que a mulher precisa de uma segunda revolução?

Essa semana eu conto pra vocês quem é o Mark Darcy, como eu disse, ele merece um post… mais um da série “Homens que deveriam existir na vida real”.

 

FELIZ ANO NOVO!!!

Oi pessoal!

Desculpem o sumisso… foi por bom motivo.

Primeiro, passei um Natal maravilhoso, com pessoas muito especiais, nesse lugar:

 

Foram quatro dias perfeitos, me senti em família!

 

E logo em seguida, eu, minha irmã e meus pais fomos passar o Reveillon na praia. E o mais legal, batemos o record de turma no apê! 14 pessoas… e vou dizer, nunca tivemos uma temporada tão boa na praia! Muito sol e calor. Todo mundo colaborou, se divertiu, riu e brincou! Sabe aquelas férias que deixam saudades? Foi assim!

O 9 homens da casa

 

e as 5 mulheres

Se depender do astral da entrada do ano, a década vai ser maravilhosa!!!

Porque vocês devem concordar comigo, ter bons amigos, é tudo de bom!!!

E a todos outros amigos, que vejo pouco, ou que vejo diariamente, e ainda não tive chance de dizer! Que 2010 lhes traga novos ares, de coisas boas, novas, lindas e felizes!

 

E vocês? Quais as novidades de 2010?