Dia Mundial da Água

Com toda movimentação pelo Dia Mundial da Água, e a escassez deste recurso tão precioso no Brasil e no mundo, resolvi produzir alguns murais com meus alunos da Educação Infantil… sempre achei que a arte fosse um grande motivador de expansão de consciência, neste caso ecológica!  

Mural "Chuva de Esperança" tinta guache sobre papel

Mural “Chuva de Esperança” tinta guache sobre papel

Detalhe do mural

Detalhe do mural

Mural com a outra turma de 4 anos: colagem sobre papel contact

Mural com a outra turma de 4 anos: colagem sobre papel contact

A turminha fazendo o mural

A turminha fazendo o mural

Turminha na confecção do mural

Turminha na confecção do mural

Na torcida para que as próximas gerações seja de melhores e mais sensatos governantes e cidadãos…

Especial Semana das Crianças: Filmes para Emocionar

Textos sobre a beleza da infância e a alegria de trabalhar com crianças são comuns aqui no blog, bem como sugestões e comentários sobre filmes, pois cinema é uma das minhas artes favoritas. Resolvi então, comentar alguns filmes com foco na infância, como homenagem à semana da criança, em andamento…

Assisti ontem “Coincidências do Amor”, uma comédia romântica que tem como foco principal uma criança. Vou começar por ele que me causou o insight para este post. A chamada da história deste filme, intitulado “The Switch” (a troca) originalmente, nos gera expectativa de um filme despreocupado, até mesmo de humor “pastelão”, pois se trata basicamente da história de uma mulher que tem a inseminação artificial sabotada por seu melhor amigo, que nutria uma paixão platônica por ela.

Leia o resto deste artigo »

Sobre os Padrões e a Beleza de Verdade da Mulher – parte 1

Desde sempre houveram padrões de beleza feminina. Basta observar artefatos egípcios, perceber a beleza dos adereços, das joias, os retratos da figura feminina naquele momento. Assim se sucederam vários modelos de beleza. Das mulheres mais fartas do Renascimento, às mulheres em alguns países da África que precisam criar cicatrizes em todo corpo para serem consideradas belas.  Da palidez das gueixas no Japão ancestral, às belas indianas de religião hindu que se cobrem de ouro como se fossem as próprias personificações das grandes e lindas deusas.

Nefertiti, a Femme Fatale do Egito Antigo

Aparentemente o conceito de feminilidade sempre andou de mãos dadas com a busca incessante da beleza, e durante muito tempo, as mulheres não eram tratadas como muito mais do que adereços ou peças de decoração que andam e falam. Mas para mim, os conceitos de beleza nunca foram tão cruéis e mutantes como agora.

Leia o resto deste artigo »

A Romântica Tiradentes

Minas Gerais tem várias pedras preciosas no que diz respeito a cidades com clima bucólico e romântico. Já tratei aqui de Diamantina que tem um clima alegre e boêmio, Ouro Preto e seus magníficos sitios históricos. Resolvi tirar um tempo para compartilhar Tiradentes com meus leitores.

Tiradentes Cleide Sousa

Leia o resto deste artigo »

Turismo Romântico: Outono em Ouro Preto

De todas as cidades históricas de Minas Gerais, que são muitos, a mais celebrada, visitada e comentada é Ouro Preto.

Ladeiras de Ouro Preto - Cleide Sousa

Como bacharel em Turismo, a cidade foi várias vezes objeto de meus estudos, cheguei a fazer uma visita técnica em 2002, mas confesso que não compreendia o frisson para com Ouro Preto, sendo que Tiradentes também tinha um grande patrimônio, com uma beleza mais poética, e Diamantina é sensacional misturando a história com o clima boêmio que é vocação da cidade. 

Leia o resto deste artigo »

Amores Cotidianos – Parte II

Em 2010 fiz um post, até muito comentado aqui no blog, sobre as músicas que falam do amor possível, correspondido e feliz, o amor do dia a dia… e prometi que faria uma segunda parte: Amores Cotidianos

https://cleidescully.wordpress.com/2010/11/08/amores-cotidianos/

Tanto tempo depois, e tantas músicas escritas e lembradas, vou cumprir o prometido. Para isto tive ajuda de vários leitores e amigas queridas. Há vários outros artigos “musicais” aqui no Colcha de Retalhos, o pre requisito desta lista, é que fale de histórias de amor que realmente acontecem na vida de cada um, todos os dias…

Leia o resto deste artigo »

Eternidade & Infinito – Viajando na Arte de Escher

Por volta de 2005 ou 2006 ouvi pela primeira vez falar em Escher… discutia arte com um colega da escola onde trabalhava, e ele – que não gostava do Surrealismo de Dali – me falou que o subconsciente na obra de Escher era muito mais rico. Ele me emprestou um livro com as obras do artista, e trouxe para casa, impressionada com a perfeição das formas e a riqueza da imaginação contida em todas as obras. Curiosamente, muitas imagens já eram minhas conhecidas, e provavelmente quase todo mundo já viu e conhece algumas das gravuras dele, só não sabia quem as criou… 

Leia o resto deste artigo »