O Sossego de Lavras Novas

Situada a 120 km de Belo Horizonte, fica o distrito de Ouro Preto – Lavras Novas.  Cidade pacata é com um visual belíssimo, tanto natural quanto as construções coloridas e distribuídas harmoniosamente pela linda paisagem.

Não vou me prender a aspectos históricos, geográficos da cidade. Isso vocês encontram no site oficial: http://www.lavrasnovas.com.br/index.html, vou contar do meu passeio, do que vi e gostei, quem sabe vocês animam.

Bom, pra começar, fomos no inverno. Um friozinho pra lá de agradável, e a oportunidade de saborear a sempre maravilhosa comida mineira (não digo isso só porque sou mineira, a culinária daqui é fabulosa mesmo! Acho que é muito tempo de uma cultura que fervilhava apartada do resto do país, escondida pelas montanhas).

A cidade é muito tranquila, a região central, onde ficam os bares e as lojinhas mais charmosas, concentra quase tudo na mesma rua… à tarde o clima é muito agradável, música ao vivo em vários pontos, o pessoal assentado sem pressa, sem hora pra ir embora. O café da manhã, típicamente mineiro, tudo delicioso, muitas variedades. Pousadas lindas, boa recepção.

 

Os atrativos naturais também são de tirar o fôlego, Lavras Novas está cercada de cachoeiras, represas, serras… típica paisagem mineira, beleza de tirar o fôlego. Geralmente as trilhas levam a caminhadas tranquilas, leves, e com um panorama de tirar o fôlego.

 

Uma coisa que achei muito bacana, foi, depois de almoçar, curtir a tarde na cidade, pegar uma trilha para ver o pôr – do – sol, simplesmente perfeito! Confiram:

À tarde e noite, tem muitos barzinhos charmosos, com ambiente lindo e delícias para provar… especialmente no inverno!

Outro atrativo imperdível, pelo visual, pela tranquilidade, é a Represa do Custódio… vale a pena tirar uma manhã ou tarde para passear lá!

Vou ficando por aqui, com o convite… seja pelo sossego, pelo charme da cidade ou pelo ecoturismo. Vale a pena “dar um pulinho” em Lavras Novas, para passar uma estada agradável com toda hospitalidade mineira  e com um visual incomparável!

Você conhece Lavras Novas? Visitou algo que não falei??? Compartilhe comigo!!!

Anúncios

Uma Semana no Paraíso

luz
Entardecer na Baía dos Golfinhos

Desde que visitei Natal, a capital do Rio Grande do Norte, em Janeiro de 2006, sonhava voltar para passar uma temporada na linda Praia da Pipa, e esse ano consegui uma folguinha e junto com minha irmã e minha prima, montamos nossa viagem.  Visitamos sites do local, entramos em contato com pousadas, traslado, compramos a passagem e embarcamos pra lá, “com a cara e a coragem”.

buganville

O vilarejo é sossegado, e elegante. As construções lembram as fotos que vemos dos litorais da Itália, França, mas isso parece proposital. Conversando com os empreendedores locais, percebemos que a maioria é do Sudeste brasileiro ou do exterior.  Ficamos em uma pousada linda, em questão custo benefício, acho que é a melhor da cidade. Não é a mais luxuosa, mas fica no centro da cidade e na areia da praia ao mesmo tempo. O serviço é excelente, impecável. Café da manhã perfeito!

vista

O café da manhã é servido com essa vista modesta... dá pra acreditar?

O charme das construções é indiscutível, mas o grande atrativo de Tibau do Sul, município ao qual Pipa pertence, é a natureza. Comentei que parece que o criador tirou um dia bem humorado, e disse que ia criar um pedacinho do paraíso escondido no mundo. A cor da água, da areia são perfeitamente calculadas para que o mar seja verde transparente. A incidência do sol sobre a linha do equador, e as correntes marítimas conspiram para que a temperatura da água seja morna, na medida da perfeição. E as falésias, fazem sombra na hora certa, além de mudarem de cor gradualmente com a incidência da luz, variando entre o bege e o rosado.

entardecer

Como se não bastasse, a fauna dá show. Na Baía dos Golfinhos, os tais vêm nadar com os banhistas, é surreal, pra dizer o mínimo. Fora o visual, a foto acima foi feita nessa enseada. Em outras praias, pode-se ver as tartarugas nadando na parte rasa… coisas que a gente da cidade não está acostumado. O mar fez um trabalho tão caprichoso nas rochas, que parecem esculturas, vejam a pedra do Furo:

furo

Pedra do furo - Praia do Amor

Além disso tudo, o destino é muito romântico. Haviam muitos casais por lá… mas cá entre nós, se você já fantasiou uma viagem romântica à uma ilha deserta, a sensação deve ser essa… pegue seu par e fuja pra Pipa! Passe pelo menos uma semana, seu romance agradecerá. Dizem os engraçadinhos locais, que 90% da população foi “produzida” nas mornas piscinas naturais da praia do amor… porque será?

IMG_4966

Outra coisa que gostei foi do serviço de alimentação. Tem todo tipo de cozinha, pra todo gosto, e o preço é bom. Além de ser muito mais ágil do que em Natal. Rapidinho o almoço está pronto, servido e delicioso! Sucos e sorvetes também perfeitos!

 gatos de rua

Bom, teria coisas infinitas pra dizer… que vi e fiz em uma semana. Pra fechar com chave de ouro, eu recomendo que quando estiverem lá, contratem o passeio de 4×4 pra conhecer toda cidade. É muito legal! Há momentos no passeio que a gente se pega pensando “nossa, nunca pensei que veria algo assim na minha vida, pessoalmente…” As paisagens, a cor da água, os pratos, são inacreditáveis! Mas eu não vou ficar aqui falando de todas as coisas, vão e experimentem por si mesmos… viver é bom demais!

chapadao

Quase lá…

Véspera de viagem dá um friozinho na barriga…

pipa2

 

Check list… conferir tudo nas malas…

NATAL154

Mas  o tempo aqui em Beagá me incentiva mais e mais a viajar… abriram as torneiras do céu e não para de chover!!!

praia-de-pipa

 

Só de pensar em passar uma semana tomando um solzinho e curtindo a brisa do mar já revigora!!!

praia-de-pipa1

Adoro Viajar!!!

01biquini

 

E para mim, fazer as malas faz parte do processo de celebrar e saborear cada momento da viagem…

 

00biquini

 

Em breve… diário de bordo!!!

Segredinhos da Juventude…

Eu tenho comentado sempre com meus amigos, que acredito cada vez mais no potencial do lazer em nossas vidas. E que o segredo da juventude, dessas pessoas lindas, que entra ano, sai ano continuam joviais, são as pausas que fazem nas suas rotinas.

Não estou dizendo apenas das pausas institucinalizadas: fim de semana, férias… estou dizendo de tirar um tempo para si, todo dia, de fugir da rotina, frequentemente, e de tirar férias inesquecíveis sempre que possível.

Esse fim de semana, quebrei minha rotina, fui para um hotel totalmente zen, com meu grupo de yoga. Foi muito legal… na hora da meditação, não se ouvia absolutamente nada além dos pássaros cantando, do barulhinho da água da fonte e do vento tocando as plantas.

Não tinha televisão no quarto, ou seja, nada de novela, telejornal ou coisa do tipo. E tudo que comemos era colhido lá no local… As programações: refeições, aula de yoga, danças e meditação tinham horário… fora isso, Adeus relógio!

Acho que me poupei de envelhecer pelo menos uns 5 anos, nesse fim de semana.  Confiram que vida dura foi essa:

 
Vista da sala de yoga do hotel

Vista da sala de yoga do hotel

Fonte nos fundos da sala de yoga

Fonte nos fundos da sala de yoga

Amanhecer no hotel

Amanhecer no hotel

Lindas flores...

Lindas flores...

Uma redinha na varanda...

Uma redinha na varanda...

Amigos!

Amigos!

E muita yoga e meditação...

E muita yoga e meditação...

Os Encantos das Serras Gaúchas

O Brasil tem de tudo, especialmente agitos… mas não se pode negar que nossa terrinha tenha destinos românticos, aonde parece que o tempo parou. Acreditem em mim, alguns desses lugares estão nas Serras Gaúchas… cada detalhe parece ter sido planejado para inspirar o amor. Então se você tem um “bem querer”, faças as malas e vá pra lá!

Vale do Quilombo - por Cleide Sousa
Vale do Quilombo – por Cleide Sousa

Tive oportunidade de conhecer esse belo destino, degustar os vinhos, a comida, e deliciar meus olhos com a paisagem, mas como profissional de Turismo –  visitei pousadas, restaurantes, agência de turismo, experimentei passeios e festas – tudo impecável e lindo!  Vou compartilhar um pouco das minhas impressões para quem tem vontade de conhecer…

Zona Rural de Gramado - por Cleide Sousa
Zona Rural de Gramado – por Cleide Sousa

No meu caso, fiquei hospedada em Gramado – e acho que é a melhor opção – os hotéis mais chamosos estão lá: lareira nos quartos, decoração romântica, aroma de canela no ar, banheiras, tudo clima de lua de mel. E como a vila é pequena, de qualquer hotel você pode caminhar até o centro da cidade tranquilamente.

Gramado - por Cleide Sousa
Gramado – por Cleide Sousa

Como a localidade é pequena e as linhas de ônibus são boas, eu dispensaria o City Tour a Gramado e Canela. Gramado é melhor para ser conhecido à pé, porque está tudo perto, e no city tour, te oferecem um panorama de cada coisa, mas não se experiencia nada direito: meia hora em um parque que mereceria uma manhã inteira, museus que não dizem muito da cidade, lojas e mais lojas… O parque do Lago Negro, por exemplo, merece uma atenção maior, para se caminhar na trilha em torno do lago, passear de pedalinho, saborear um café demorado olhando a paisagem, observar a fauna e a flora…

Lago Negro - Gramado - por Cleide Sousa
Lago Negro – Gramado – por Cleide Sousa
Lago Negro - Gramado - por Cleide Sousa
Lago Negro – Gramado – por Cleide Sousa
Lago Negro - Gramado - por Cleide Sousa
Lago Negro – Gramado – por Cleide Sousa

Em Canela, estando hospedado em Gramado, pode-se ir de ônibus e conhecer a cidade caminhando. Há muito o que ser ver e ótimos restaurantes, praças lindas e a Igreja Matriz é perfeita! O melhor é ir com tempo também para visitar os arredores. Uma das atrações é o parque que abriga a cachoeira do Caracol… no city tour, só se tem uma hora pra ver o parque, o que não dá pra conhecer nem um por cento do espaço.

Igreja Matriz de Canela - por Cleide Sousa
Igreja Matriz de Canela – por Cleide Sousa

 

Cachoeira do Caracol - por Cleide Sousa

Cachoeira do Caracol - por Cleide Sousa

Arredores de Canela - por Cleide Sousa

Arredores de Canela - por Cleide Sousa

Já um passeio que compensa contratar, é a visita ao roteiro das vinícolas das Serras Gaúchas: vinho da melhor qualidade, visita às plantações de uva, boa música, boa companhia, comida excelente! Passeio de trem… é um passeio longo, mas é indispensável!
Praça de Nova Petrópolis - por Cleide Sousa

Praça de Nova Petrópolis - por Cleide Sousa

Almoço ao som de acordeon na Vinicola

Almoço ao som de acordeon na Vinicola

Vinicola - Caxias do Sul

Vinicola - Caxias do Sul

Vinícola - Caxias do Sul

Vinícola - Caxias do Sul

Passeio de Maria Fumaça

Passeio de Maria Fumaça

Outro passeio (do qual eu não esperava nada) que é supreendente, é uma visita ao interior de Gramado, visitando os imigrantes na zona rural, e encerrando com um café colonial. Parece uma viagem no túnel do tempo, só mesmo indo e ouvindo as histórias para compreender…
Zona Rural de Gramado

Zona Rural de Gramado

Interior de Gramado - por Cleide Sousa

Interior de Gramado - por Cleide Sousa

Interior de Gramado - por Cleide Sousa

Interior de Gramado - por Cleide Sousa

 

Café colonial na casa de imigrantes alemãos no interior de Gramado

Café colonial na casa de imigrantes alemães no interior de Gramado

De qualquer forma, estar em Gramado apenas, e tirar um tempo para andar por lá, curtir as praças, a Igreja Matriz belíssima, os cafés chamosos, saborear um fondue, é uma experiência maravilhosa, que todos merecem vivenciar… dia dos namorados está chegando, o  inverno também… o que vocês estão esperando???
 

Igreja Matriz de Gramado - por Cleide Sousa
Igreja Matriz de Gramado – por Cleide Sousa
Entardecer em Gramado - por Cleide Sousa

Entardecer em Gramado - por Cleide Sousa

Todos lugares em Gramado têm hortências...

Todos lugares em Gramado têm hortências...

... e amores perfeitos...

... e amores perfeitos...

 

... e borboletas!

... e borboletas!

Gramado RS - por Cleide Sousa

Gramado RS - por Cleide Sousa

Vista do Vale do Quilombo - Gramado, RS - por Cleide Sousa

Vista do Vale do Quilombo - Gramado, RS - por Cleide Sousa

IMG_2920

Publicado em Sem categoria. Etiquetas: , . 15 Comments »

Visitando a Terra do Sol

Como boa turismóloga, eu amo viajar… e em 2006 me dei ao luxo de me aventurar pelas praias paradisíacas do Nordeste brasileiro. Qual destino escolhi? A linda Natal… Cidade do Sol, como dizem os anúncios de turismo.

Praia Ponta Negra - by Cleide Sousa

Praia Ponta Negra - by Cleide Sousa

Leia o resto deste artigo »

Publicado em Uncategorized. Etiquetas: . 2 Comments »