Happy Valentine’s Day!

Sei que muitos vão dizer: “Mas que coisa mais americanizada Cleide!” sim, estou os felicitando por uma comemoração internacional, mas nada impede que coisas boas sejam comemoradas.

saint-valentin

Tendo conhecido a história do “Dia do Amor” ou dia de São Valentim, considero preconceituosa a atitude de considerar uma atitude “americanizada” desejar felicidades nesta data. Até por que, primeiramente, o dia de são Valentim é considerado o dia do amor em quase todos países do mundo, e não só nos Estados Unidos, e por que, mais que dia dos namorados nos outros países, é um dia que as pessoas tiram para dizer que gostam umas das outras: parentes, amigos e é claro os amores…

valentim

Mas quem então foi este São Valentim a quem deram o nome do dia dos namorados  e que em inglês é o próprio sinônimo da palavra (valentines = namorados)? O que lhe deu tal título e por que não se comemora o dia dos namorados no Brasil no mesmo dia que no resto do mundo?

4e78c7146026138986fbf891c298b398

São apenas lendas que dão conta da história, mas segundo o que se crê, Valentim era um bispo cristão enquanto ainda estava no poder sobre o mundo o Império Romano. O imperador de então, pretendia ter o maior exército e mais poderoso de sua época, para isto, uma de suas estratégias fora proibir o casamento, pois jovens sem família, sem nada a perder, eram soldados mais concentrados e ferozes. Valentim não obedeceu ao decreto, e continuou casando os jovens à revelia do imperador. Tendo sido descoberto, foi preso, e condenado a decaptação no dia 14 de Fevereiro do ano 270.

Enquanto Valentim estava na prisão, duas coisas curiosas, e que marcam as comemorações, aconteceram. Os jovens deixavam na sua cela bilhetes e flores dizendo que continuavam acreditando no amor. E um milagre do santo: a cura da filha cega do carcereiro da prisão (há versões de que foi a filha do prefeito e não do carcereiro).  Diz a lenda que Valentim se apaixonou platonicamente pela a moça, mas preferiu seu ministério e que ele lhe escreveu uma carta de amor assinando “Seu Valentim” (que hoje em dia é sinônimo de “seu namorado” e ainda é utilizado como assinatura nos bilhetes e cartões da tradição do dia).

Inicialmente o dia de São Valentim era uma comemoração litúrgica, também foi ligado às festas pagãs da chegada da primavera em algumas regiões. Na Alta Idade Média passou a ser reconhecido como uma festa do amor romântico, e quando a corte amorosa entrou em cena no Século XVIII a data se tornou uma chance dos enamorados declararem seu amor, confeccionando e enviando cartões de amor denominados “Valentines”…

244519c0f59e062ec84d6bcb14e0aed8

O hábito de se enviar flores, chocolate e cartões na data nasceu no Reino Unido.  Alguns países ainda ligam a comemoração com a chegada da primavera. Apenas recentemente o dia de são Valentim é considerado o dia do amor.  Tradicionalmente o dia do amor era 12 de Março, dia de São Gregório, ou dia 22 de Fevereiro, dia de São Vicente. O patrono do amor é Santo Antônio, celebrado dia 13 de junho.

Cartão de Valentine’s Day, de 1862 “Minha queridíssima moça, te envio um beijo”.

Valentine’s Day começou com o envio de cartões customizados na Inglaterra Moderna e se espalhou por todos países anglo-saxões no século XIX. No final do século XX e início do XXI este costume se espalhou para outros países com outros aspectos da cultura pop estadunidense. Mas seu impacto é menor que do Halloween e Natal.

Valentine’s Day na Times Square

A data também é comemorada em alguns países asiáticos.  Na Finlândia e Estônia,  a data é comemoração do dia dos Amigos. Na França, Grécia a comemoração envolve o amor romântico. Vários países da América Latina comemoram o “Dia da Amizade e do Amor” no dia de São Valentim.

Valentine’s Day em Paris

No Brasil a data é comemorada no dia 12 de junho, atribuindo-se à proximidade de Santo Antônio, que é considerado o patrono do amor internacionalmente – me pergunto se não era mais interessante então comemorar-se os namorados no dia dele: 13 de Junho?

Atribui-se o fato da extinção da comemoração de “Valentine’s” no Brasil à proximidade da do Carnaval brasileiro, e por uma decisão comercial transportou-se a comemoração do dia dos namorados para junho que era considerado um mês fraco comercialmente. Saber disto diminui um pouco o romantismo da data… mas é como aconteceu na nossa cultura.

a4f31c5b6e8235caec2f6c00e2606ad8Interesse comercial ou não, nada merece ser mais celebrado que o amor, neste nosso mundo cada vez mais árido… seja o amor de um grande amigo, seja o amor de seus pais queridos, seja o amor de um namorado/namorada, companheiro/companheira, amor incondicional. Se o mundo globalizado nos abre portas das coisas ruins, por que não nos proporcionar as boas também? Deixo para encerrar o post, esta linda música, que é quase uma prece de agradecimento:

O que você está esperando para abraçar e beijar quem você gosta? 

Uma resposta to “Happy Valentine’s Day!”

  1. Cassia Souza Says:

    Delícia de texto Cleide!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: