A Aventura de Ser Mineira…

 

Já faz um tempo que eu estava com o rascunho deste post, acabei por decidir concluí-lo hoje: aniversário da minha querida cidade Belo Horizonte. Como a maioria dos meus leitores sabe, eu sou formada em Turismo. O curioso foi que entrei na faculdade para conhecer o mundo, e me apaixonei por Minas Gerais.

 

 

O maior patrimônio que o curso superior me trouxe, foi esse orgulho de ser Mineira! Aprender profundamente sobre a história do meu estado e sobre todos seus lindos atributos, me trouxe uma maior consciência da riqueza de ter nascido aqui.

 

Através desses anos de formação, que começaram em 1999 e ainda não terminaram, porque no mestrado eu estudei muito sobre a nossa querida Belo Horizonte para entender como se formou o campo de distribuição das artes plásticas na cidade, acabei por pensar que o mineiro é um dos mais genuínos tipos brasileiros. Não me joguem pedras! Não estou sendo ufanista ou fazendo algum tipo de diferenciação de quem é melhor ou pior.

 

 

Quem estudou um pouco de História sabe que por causa das riquezas minerais “aqui atrás das montanhas” acabou se formando uma cultura bem peculiar resultando a mistura de toda gente que se envolveu com a atividade: escravos, tropeiros, comerciantes, gente de toda parte…  Há quem diga, que o Rio com a participação ativa da corte tem muito de Portugal, e as outras regiões que receberam europeus trazem essa marca. Mas se o Brasil é fruto de miscigenação, foi aqui no interior que as coisas se misturaram de verdade.

 

 

A cultura gestada entre as montanhas, fruto desta mistura que fervilhava afastada do centro do poder por questões geográficas, de dificuldade de transporte e comunicação típicos da época, teve como consequência um estilo artístico único: o Barroco Mineiro que nada tem do Barroco europeu com peculiaridades e riquezas de expressão incomparáveis. Além disso uma culinária de influência multicultural, conhecida e apreciada em todo país.

 

 

Eu já pensava sobre essas coisas há tempos, sobre os estilos musicais peculiares do Brasil e de Minas, sobre a carga de produção intelectual e artística em nosso estado. Além da nossa hospitalidade que conhecida e reconhecida em todo Brasil… mineiro chama os visitantes pra dentro de casa, tomar um café, comer umas quitandas, maravilhosas de nossa cozinha. Mineiro gosta de sentar e bater um papo interessante, talvez por isso Belo Horizonte se tornou a capital mundial dos bares!

 

Mas um olhar de fora me confirmou esse olhar sobre meu estado, e minha cidade. Um irlandês boa praça que se casou com uma mineira e foi vencido pelos encantos da nossa bela cidade. Vou colocar um trecho do blog dele, que acabou por se tornar – na minha opinião – um orgulhoso mineiro!!!

 

 

“As pessoas da cidade de Belo Horizonte são orgulhosas brasileiras, mas provavelmente elas se orgulham mais ainda de serem “mineiras” [do estado de Minas Gerais]. E eles tem muitos motivos para se orgulharem. Os pratos brasileiros populares, como o feijão tropeiro são pratos de MG. O melhor queijo do Brasil é de Minas e com ele são feitos os deliciosos pães de queijo – culpados pelos 5 kg que ganhei desde que cheguei. A Cachaça nasceu aqui. O estado é muito conhecido pela sua natureza: cavernas, cachoeiras, e recursos minerais naturais. Os mineiros são famosos por seu caráter equilibrado e por serem amigáveis.  Creio que os mineiros são os mais brasileiros de todo Brasil. Mais tradicional que o chique Rio de Janeiro, e um sabor nativo melhor que a cosmopolita São Paulo, que é cheia de italianos (imagine!), o sul que é cheio de alemães, o norte com seus índios nativos, e o nordeste com sua influência africana. Acreditem em mim crianças, eu sou um dos estrangeiros que vive em BH, não há um bar irlandês no Rio. Com todos esses elogios, você poderia dizer que Belo Horizonte não é apenas a capital de Minas Gerais, mas provavelmente a verdadeira capital do Brasil.” http://anirishmaninbh.wordpress.com/

 

 

Se Minas sintetiza a miscigenação brasileira, de forma que aqui é tudo tão misturado que nós não somos totalmente negros, brancos, ou indígenas. Belo Horizonte, que foi uma capital inventada… isso mesmo, a primeira capital planejada do Brasil, inspirada em Paris. Dizem que era algo engraçado, fazer o povo provinciano adquirir hábitos cosmopolitas.

 

 

Foto que fiz no Museu de Arte da Pampulha

Imaginem só, a elite “da roça” vinda de Ouro Preto e se adaptando a uma cidade toda planejada, novinha em folha! Adquirindo hábitos como frequentar clubes, bailes, fazer um footing pela Afonso Pena, toda arborizada. Sem deixar de ir à missa todo domingo, na igreja de São José, que fica no coração da cidade, e até meados dos anos 60, 70 trazia gente de toda parte. Era o programão de domingo, ir à missa na São José e ver gente diferente…

 

 

Para comemorar o aniversário 113 anos de Beagá, algumas fotos da cidade em seus primeiros momentos, e hoje…

 

 

Avenida Afonso Pena, prédio dos correios

 

Igreja São José

 

Praça da Liberdade 1910

Anúncios

9 Respostas to “A Aventura de Ser Mineira…”

  1. iva Says:

    Muito bom!

    • Glaucio Marques Says:

      Eu nasci em Minas , me criei em Minas , morei em outro estado , mas não há lugar melhor pra gente viver !!
      Eu sou da america do sul , sou do ouro , sou minas gerais !!!
      Adorei o texto !!

  2. Carol Says:

    Como sempre, vc arrasou!!! Embora tenha uma relação de amor e ódio por BH, amo muito ser mineira! Adoro nosso jeito de falar, de viver, de comer, de se divertir. Acho que vc (e o amigo estrangeiro!) traduziram muito bem o que é ser mineira! Mas, se vc me permite, vou linkar aqui a que é pra mim a melhor definição de BH: a explicação da desciclopédia sobre a cidade! rsrsrs! Beijos
    http://desciclo.pedia.ws/wiki/Belo_Horizonte

  3. Léo Ribeiro Says:

    Ah… nem preso dizer, no alto de meu bairrismo, que esse foi o melhor post ever!!!

    • Cleide Sousa Says:

      Eu sabia que você ia gostar, my dear!!!
      rsrsrsrs
      Obrigada pela visita, vc andava sumido…
      Ah, depois vc vê o artigo da desciclopédia que Carol linkou… rsrsrs de matar a gente de ME-DO!
      Bjs!

      • Léo Ribeiro Says:

        haha! Já conhecia o artigo! Muito engraçado! Salvo o engano, é o artigo mais completo sobre uma cidade na Desciclopédia.

        Bjo!

  4. Clark Says:

    Belíssimo texto Cleide! Meus parabéns! Amo mto BH, a sua cidade. Fiquei fascinado por ela qdo estive aí pela primeira vez há dois anos atrás. Preciso voltar. Bjos!!!

  5. eberth Says:

    Muito boa a materia! Não há povo como o povo de Minas! Ah Minas Gerais, quem te conhece não esquece jamais!
    Usei uma foto sua no meu blog, se não se importar. Caso contrario me dá um toque que eu tiro.
    Abraço
    eberth


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: