Tá Chegando…

Antes que vocês me perguntem…

 

Harry Potter
Harry Potter

 

 

Sim, eu tive infância! Mas gostei tanto que até hoje gosto de alguns filmes que são ditos “infanto-juvenis”… um deles é Harry Potter, e não riam de mim! Estou fazendo contagem regressiva para a tão esperada estréia do sexto filme!

O trio inseparável...
O trio inseparável…

Conceito tão limitador dizer que é uma história para crianças apenas… quer história mais adulta do que a de um menino que perdeu os pais bebezinho e tem nas costas a responsabilidade de restaurar a paz no seu mundo?

Como diz a autora, a série Harry Potter, usa a magia como desculpa para contar uma história de como as pessoas lidam com a morte. O vilão é tão mortal e cruel, porque não quer morrer e tenta enganar a morte a todo custo.  O herói é tão destemido, porque tendo perdido tudo, tão cedo, se tornou senhor da sua  morte (não entendeu? Só lendo a série)…

 

Só quem lê os livros consegue entender a magnitude da história, e como ela é contada de maneira bem humorada e detalhada. É uma jornada deliciosa, e se você tem preconceito, devia deixar de lado (como eu fiz)  e experimentar.

Em 2007, eu nem queria ouvir falar em “Harry Potter“, pensava “que idiotice esses bruxinhos voando em vassouras!”, mas às vésperas da estréia do quinto filme, meu primo Victor me disse que era para assistir todos anteriores e ver com ele o novo filme no cinema. De  férias no mestrado pensei: “porque não?” Aluguei um por um e assisti… e qual não foi minha surpresa ao descobrir uma história muito bem amarrada, que prende a atenção até o fim e no final a gente fica querendo que não acabe! Virei fã de cara… e por isso, convido vocês que pensam como eu pensava, a dar uma chance ao bruxinho que acabou sendo o maior fenômeno literário dos últimos tempos. Uma história não moveria tantos adultos e crianças no mundo todo atoa…

Depois que você ver o sexto filme, entenderá essa tirinha... rsrsrs
Depois que você ver o sexto filme, entenderá essa tirinha… rsrsrs

Créditos da tirinha: http://www.scarpotter.com/humor/

Que não viu, veja! Quem já viu, me conte: o que você mais gosta na série Harry Potter?

Na categoria Sem categoria. Etiquetas: , . 4 Comments »

“Artefazendo o Belo e o Bom…”

Ano passado tive a oportunidade e trabalhar em oficinas de História da Arte e produção artística com jovens de 11 a 14 anos, alunos de escola municipal.

Foi uma experiência muito interessante, trabalhei com períodos artísticos, especialmente Renascimento e depois Romantismo e Impressionismo. A produção girou em torno de releituras de quadros famosos…

Vou postar alguns para vocês observarem e imaginarem quantos artistas existem pelo mundo afora, esperando apenas serem despertados:

 

O original de Renoir

O original de Renoir

 

Releitura de Flávia, 12 anos - pastel oleoso sobre papel canson

Releitura de Flávia, 12 anos - pastel oleoso sobre papel canson

 

Jardim japonês de Monet - original

Jardim japonês de Monet - original

 

Releitura - Isabelli, 13 anos - pasel oleoso e lápis de cor sobre papel canson

Releitura - Isabelli, 13 anos - pasel oleoso e lápis de cor sobre papel canson

 

Mulher com sombrinha de Monet

Mulher com sombrinha de Monet

Releitura de Indianara, 12 anos - pastel oleoso e lápis de cor sobre papel

Releitura de Indianara, 12 anos - pastel oleoso e lápis de cor sobre papel

 Agora me digam… eles são ou não são umas gracinhas?

Na categoria Sem categoria. Etiquetas: , . 1 Comment »

Flores…

“Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!”

 - Machado de Assis

 

Inspirada na sugestão de um amigo, de criar um post sobre rosas, me ocorreu a ideia desse texto. Já faz um tempo, que em todo lugar que visito, dou uma atenção especial às flores, sempre trago fotografadas as mais belas que encontro.  Acredito que elas nos mostram o lado mais sutil da natureza do lugar visitado…

Flores da Serra Gaúcha

Flores da Serra Gaúcha

Em Gramado – RS, tudo são flores! Tem flor de todo jeito, pra todo lado. Mas o símbolo da cidade são as hortências, todas praças, ruas, avenidas, espaços públicos são adornados com o azul dessas flores… vale a pena ver! Mas o que mais me agradou foram os “amores-prefeitos”! Uma de minhas flores preferidas, e raríssimas em Minas… fotografei todas que vi por lá…

Flores da Serra do Cipó

Flores da Serra do Cipó

 
A Serra do Cipó – MG é famosa por muitos atrativos, um deles é a diversidade de fauna e flora. O cerrado é riquíssimo em espécies de flores, e arbustos, e nesse lugar em especial há um fenômeno muito interessante: espécies endêmicas… não existem em nenhum outro lugar do mundo! Adentrando-se ao parque passamos por sucessivos campos de flores, de várias cores, é maravilhoso! Uma planta típica da região é a “Pepalantus”, eu tive oportunidade de fotografar uma em 2000:

Pepalantus - Lapinha de Santana

Pepalantus - Lapinha de Santana

Mas a planta mais impressionante que vi, foi no meu bairro mesmo… um Ipê amarelo, gigantesco, que parecia mais um enorme buquê! Esse também eu tive oportunidade de retratar, em 2006:

Ipê Amarelo

Ipê Amarelo

As pessoas atribuem significados a cada tipo de flor, eu não nego que um simbolismo foi criado ao redor de várias delas, como o Lírio, que há muito tempo é simbolo da pureza. Algumas ficaram até mesmo estigmatizadas pelo seu uso, como o “cravo de defunto”, outras são imponentes e já despertam com sua imagem emoções semelhantes em todos, como o Girassol que sempre alegra o ambiente.

Mas em geral, eu não me ligo tanto aos significados… acho que cada ser humano, com sua história, com sua própria colcha de retalhos, vai construindo sua sensibilidade, e é tocado – sem ao menos saber o porquê – por imagens, cheiros, sons diferentes. Com as flores é assim também, cada um tem sua preferência. É claro que as rosas são quase unanimidade, são as flores mais cultivadas e apreciadas… são as mais utilizadas como presente. Por isso merecem um destaque especial.

Rosa amarela - por Cleide Sousa

Rosa amarela - por Cleide Sousa

 Estima-se que a primeira rosa tenha nascido na Antiguidade, nos jardins asiáticos, mas a espécie selvagem foi encontrada em fósseis que datam de cerca de 35 milhões de anos atrás.

Rosa lilás

Rosa lilás

Do gênero Rosa, com centenas de espécies, pertence à família das rosáceas e se apresenta sob numerosas variedades com grande distribuição geográfica. Nascem em arbustos, ou trepadeiras, com hastes espinhosas.

120px-Rosa_Dorola_1

Os espinhos das rosas, não são espinhos verdadeiros, são acúleos, uma modificação no caule que facilmente é destacada do mesmo. Sua função é a proteção das flores – órgãos reprodutores da planta.

120px-Flor_azul_1_REFON

As rosas e outras flores sempre inspiraram os artistas, poetas, músicos e pessoas comuns… para mim muitas vezes as flores são um lembrete da delicadeza artística de Deus, que pensou em cada detalhe… o acaso não inventaria tanta ordem e perfeição. Então, as flores só podem ser um recado do Criador, porque muitas vezes, elas nos fazem felizes só por terem desabrochado, por enfeitarem silenciosamente nossos caminhos.

120px-Epcot_rose

Para encerrar, vou usar um texto muito inspirado do Padre Fábio de Melo – que coincidentemente encontrei pesquisando para esse post - como filósofo de uma sensibilidade infinita, aliada à uma generosa simplicidade, soube muito bem falar do tema em questão…

Rosas vermelhas - por Cleide Sousa

Rosas vermelhas - por Cleide Sousa

“SOBRE O AMOR, ROSAS E ESPINHOS…

Amor que é amor dura a vida inteira. Se não durou é porque nunca foi amor.

O amor resiste à distância, ao silêncio das separações e até às traições. Sem perdão não há amor. Diga-me quem você mais perdoou na vida, e eu então saberei dizer quem você mais amou.

O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão. Você o percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha nos olhos dele e diz: “Mesmo fazendo tudo errado eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que sou se você não estiver por perto.”

O amor nos possibilita enxergar lugares do nosso coração que sozinhos jamais poderíamos enxergar.

O poeta soube traduzir bem quando disse: “Se eu não te amasse tanto assim, talvez perdesse os sonhos dentro de mim e vivesse na escuridão. Se eu não te amasse tanto assim talvez não visse flores por onde eu vi, dentro do meu coração!”

Bonito isso. Enxergar sonhos que antes eu não saberia ver sozinho. Enxergar só porque o outro me emprestou os olhos , socorreu-me em minha cegueira. Eu possuia e não sabia. O outro me apontou, me deu a chave, me entregou a senha.

Coisas que Jesus fazia o tempo todo. Apontava jardins secretos em aparentes desertos.

Na aridez do coração de Madalena, Jesus encontrou orquídeas preciosas. Fez vê-las e chamou a atenção para a necessidade de cultivá-las.

Fico pensando que evangelizar talvez seja isso: descobrir jardins em lugares que consideramos impróprios.

Os jardineiros sabem disso. Amam as flores e por isso cuidam de cada detalhe, porque sabem que não há amor fora da experiência do cuidado. A cada dia, o jardineiro perdoa as suas roseiras. Sabe identificar que a ausência de flores não significa a morte absoluta, mas o repouso do preparo. Quem não souber viver o silêncio da preparação não terá o que florir depois…

Precisamos aprender isso. Olhar para aquele que nos magoou, e descobrir que as roseiras não dão flores fora do tempo, nem tampouco fora do cultivo.

Se não há flores, talvez seja porque ainda não tenha chegado a hora de florir. Cada roseira tem seu estatuto, suas regras…

Se não há flores, talvez seja porque até então ninguém tenha dado a atenção necessária para o cultivo daquela roseira.

A vida requer cuidado. Os amores também. Flores e espinhos são belezas que se dão juntas. Não queira uma só. Elas não sabem viver sozinhas…

Quem quiser levar a rosa para sua vida, terá que saber que com ela vão inúmeros espinhos.

Mas não se preocupe. A beleza da rosa vale o incômodo dos espinhos.”

 

 

 

Na categoria Sem categoria. Etiquetas: , , , . 5 Comments »

Vestidos de Sonho – Parte II

Gente! Tenho que dizer: nenhum post foi tão visitado nesse blog como a minha pesquisa sobre vestidos de noiva!

 http://cleidescully.wordpress.com/2009/05/19/vestidos-de-sonho/

Ele é acessado todo santo dia! Nunca imaginei que o assunto interessasse a tantas pessoas. Ainda mais um post despretensioso sobre moda.

Então, resolvi pedir a algumas amigas que casaram recentemente permissão para mostrar seus vestidos de sonho para vocês. 

As escolhi porque usaram vestidos lindos, fora do “feijão com arroz” que vemos por aí, e marcaram muito bem a ocasião.

Primeira noiva, minha amiga linda: Natália, que nem precisava de muita coisa para enfeitar sua beleza de porcelana pintada à mão… apenas um vestido branco, simples com as costas à mostra, e uma tiara delicada adornando a fronte:

Casamento de Natália e Ricardo

Casamento de Natália e Ricardo

A outra noiva, é minha amiga Alessandra, que planejou minunciosamente cada detalhe de seu tão esperado casamento (como lemos juntas revistas de noiva!) e o vestido não podia ficar para trás… chique e lindo:

Alessandra de noiva

Alessandra de noiva

E a mais recente das três, minha amiga Nádia, irmã da Natália acima (acho que o bom gosto é genético…) que casou de manhã, numa linda festa no sitio dos sogros, com um delicado vestido tecido em crochet pela própria mãe da noiva!

Nádia de noiva

Nádia de noiva

Lindas não?

Ah, encontrei outra pérola de blog de noivas, esse é de uma fotógrafa aqui de Minas… pra quem gosta: http://kikaantunes.blogspot.com/

 ATUALIZANDO…

Estava esquecendo da minha amiga Iara, artista plástica, desenhou o próprio vestido além de ter confeccionado ela mesma o arranjo dos cabelos e o buquê! É muito chique essa menina! Eu adorei o resultado, ainda mais sabendo que foi um trabalho tão pessoal.

 
 

Casamento de Iara e Luiz

Casamento de Iara e Luiz

Se você se interessa pelo assunto, já fiz mais um post sobre vestidos:  http://cleidescully.wordpress.com/2009/11/13/vestidos-de-sonho-parte-iii-holywood/

Marco Luque em Belo Horizonte

Só passando para um post rápido… Sábado o Marco Luque do CQC esteve aqui em Belo Horizonte com sua apresentação Stand up comedy no Minascentro.

Eu tive a sorte de poder assistir!

O que dizer? Foi impecável! Divertidíssimo… as piadas, o jeito dele as contar. Sem falar da simpatia e do carisma do rapaz que não perde o jogo de cintura, com um bom humor invejável ri das próprias piadas e tem um carinho e empatia enorme com o público… longa carreira e sucesso para ele!

E que volte muito mais vezes em Beagá!

148_2516-cqc

Na categoria Sem categoria. Etiquetas: . Leave a Comment »

Noite de São João!

É hoje!!!!

Noite de São João por Guignard
Noite de São João por Guignard

Eu demorei a fazer esse post, desde que entrou junho eu estava querendo falar das deliciosas festas juninas…

Noite de São João - Guignard
Noite de São João – Guignard

Aqui em Minas é muito bom! Tem canjica, quentão, pipoca… quadrilha! Tudo super animado. É tão bacana, que o pintor carioca Guignard pintou vários quadros com esse tema, alguns estão ilustrando o post…  o Museu Guignard que fica em Ouro Preto, MG, promove todo ano uma festa de São João em homenagem ao pintor, com tudo que tem direito! Um dia ainda vou conferir e conto pra vocês… ah, 24 de Junho é aniversário da cidade…

Guignard
Guignard

Já perdi a conta de quantas dancei… apesar que esse ano está um pouco parado nesse aspecto.

Tarde de São João  - Guignard
Tarde de São João – Guignard

Fiz esse post para compartilhar as experiências com vocês… qual a melhor festa junina que vocês já participaram? Qual o estado que tem a festa de São João mais animada?  Você tem alguam história engraçada para compartilhar?

Mais uma obra de Guignard com o mesmo tema
Mais uma obra de Guignard com o mesmo tema
Só pra compartilhar, achei algumas imagens da infância… como era bom!
 

 

Minha primeira quadrilha! Com 5 anos...

Minha primeira quadrilha! Com 5 anos...

 

 

Com 7 anos, reparem no glamour...
Com 7 anos, reparem no glamour…
Comendo canjica, com 7 anos! Ainda me lembro do gosto...
Comendo canjica, com 7 anos! Ainda me lembro do gosto…
Aos 8 anos
Aos 8 anos
Com 10 anos

Com 10 anos

Na categoria Sem categoria. Etiquetas: , , . 4 Comments »

Segredinhos da Juventude…

Eu tenho comentado sempre com meus amigos, que acredito cada vez mais no potencial do lazer em nossas vidas. E que o segredo da juventude, dessas pessoas lindas, que entra ano, sai ano continuam joviais, são as pausas que fazem nas suas rotinas.

Não estou dizendo apenas das pausas institucinalizadas: fim de semana, férias… estou dizendo de tirar um tempo para si, todo dia, de fugir da rotina, frequentemente, e de tirar férias inesquecíveis sempre que possível.

Esse fim de semana, quebrei minha rotina, fui para um hotel totalmente zen, com meu grupo de yoga. Foi muito legal… na hora da meditação, não se ouvia absolutamente nada além dos pássaros cantando, do barulhinho da água da fonte e do vento tocando as plantas.

Não tinha televisão no quarto, ou seja, nada de novela, telejornal ou coisa do tipo. E tudo que comemos era colhido lá no local… As programações: refeições, aula de yoga, danças e meditação tinham horário… fora isso, Adeus relógio!

Acho que me poupei de envelhecer pelo menos uns 5 anos, nesse fim de semana.  Confiram que vida dura foi essa:

 
Vista da sala de yoga do hotel

Vista da sala de yoga do hotel

Fonte nos fundos da sala de yoga

Fonte nos fundos da sala de yoga

Amanhecer no hotel

Amanhecer no hotel

Lindas flores...

Lindas flores...

Uma redinha na varanda...

Uma redinha na varanda...

Amigos!

Amigos!

E muita yoga e meditação...

E muita yoga e meditação...

Caindo na real…

Depois da overdose de comerciais de fotos românticas em outdoors, comerciais ronânticos na TV, reportagens em tudo que é jornal, revista e telejornal… passa o dia dos namorados e tudo volta ao normal!

É como se nunca tivesse existido tal data, e dia de Santo Antônio e tals… bom, espero que para vocês não tenha sido uma data meramente comercial, e que pelo menos vocês tenham estado com seu amor. E quem não tem um amor, que ao menos tenha pensado na importância desse sentimento em sua vida…

 

crepusculo_15

 

Durante o feriado, tive oportunidade de assistir (de novo) “Crepúsculo”. E me peguei com muitas inquietações e reflexões. Assisti ao filme com o olhar de quem quer entender tal fenômeno. Porque em princípio, não há novidade na história – sempre rola um filme de vampiro ou outro, e histórias de amor também sempre estão em voga como tema da sétima arte.

 

Edward e Bella

Edward e Bella

 

Observei, pensei… uma história de amor proibido, quase platônico, um casal que mal pode se tocar… e essa linha divisória entre amor e morte, a separação iminente. Porque jovens do mundo todo estão enlouquecidos com a história? E no Brasil, uma juventude adepta do “pegar”, “ficar” das relações descartáveis… o quê nessa história diz respeito ao cotidiano desses meninos e meninas? 

Bom, seu eu fosse psicóloga, pedagoga e estivesse procurando um tema de pesquisa para mestrado ou doutorado… aí está o que eu ia investigar…

E vocês, já pensaram nisso? Podem me dar alguma luz? Será que debaixo da casca da  “pegação” nossos adolescentes ainda são românticos?

 

 

6

 

Ah gente! Please! Não me digam que é só por causa de Edward (que sim, é lindo!)… ainda tenho fé na humanidade… rsrsrsrs

 

Atualizando…  para entender o frenesi em torno de Edward, estou lendo Crepúsculo, escrevi minhas impressões aqui sobre quais as razões que encontrei para explicar porque todo mundo quer um vampiro só pra si: http://cleidescully.wordpress.com/2009/10/16/um-edward-cullen-pra-chamar-de-seu/ comentem!!!

Na categoria Sem categoria. Etiquetas: , . 36 Comments »

Que seja infinito enquanto dure…

Feliz dia dos namorados para quem está namorando! Para os casados, que ainda sejam namorados! E para os solteiros, para que não desistam de viver um amor…

 

David e Gillian, que protagonizaram um dos melhores casais da história da TV.

David e Gillian, que protagonizaram um dos melhores casais da história da TV.

 

SONETO DA FIDELIDADE

 

 Vinícius de Morais

 

De tudo, meu amor serei atento

Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto

Que mesmo em face do maior encanto

Dele se encante mais meu pensamento.

 

 

 

Quero vivê-lo em cada vão momento

E em seu louvor hei de espalhar meu canto

E rir meu riso e derramar meu pranto

Ao seu pesar ou seu contentamento.

 

 E assim, quando mais tarde me procure

Quem sabe a morte, angústia de quem vive

Quem sabe a solidão, fim de quem ama

 

 Eu possa me dizer do amor ( que tive ):

Que não seja imortal, posto que é chama

Mas que seja infinito enquanto dure.

 

 

XFiles2520Gillian25202520David

Na categoria Sem categoria. Etiquetas: . 3 Comments »

Cantando o Amor… em português!

Como prometido, um top 10 de canções românticas, na língua portuguesa. O critério é o mesmo, escolhi pela letra, e dei preferência às mais alegres, nada de dor de cotovelo! Vamos lá…

1 – Olha

Roberto Carlos não é rei atoa, podem até falar mal, dizer que é brega gostar dele, mas o cara tem fãs de todas gerações. E como ele soube cantar o amor! Escolhi “Olha”, porque é uma declaração leve, sincera e romântica…

“Olha você tem todas as coisas, que um dia eu sonhei prá mim. A cabeça cheia de problemas, não me importo, eu gosto mesmo assim. Tem os olhos cheios de esperança, de uma cor que mais ninguém possui, me traz meu passado e as lembranças. Coisas que eu quis ser e não fui.”

2 – A Sua

Marisa Monte não poderia faltar, me diz se você não gostaria de dizer isso para seu amado? Apesar das ciumeiras e xiliques que vemos por aí, amor verdadeiro tem tudo a ver com liberdade. Quem quer prender a pessoa amada a qualquer custo, não confia, e eu não consigo conceber o amor sem confiança…

“Eu só quero que você saiba, que estou pensando em você, agora e sempre mais. Eu só quero que você ouça a canção que eu fiz pra dizer que eu te adoro cada vez mais,  e que eu te quero sempre em paz. Tô com sintomas de saudade, tô pensando em você, e como eu te quero tanto bem. Aonde for não quero dor, eu tomo conta de você mas te quero livre também como o tempo vai e o vento vem. Eu só quero que você caiba no meu colo porque eu te adoro cada vez mais, eu só quero que você siga para onde quiser, que eu não vou ficar muito atrás.”

3 – Velha Infância

Aproveitando que falamos de Marisa, selecionei uma dos “Tribalistas”  que é fofa! “Velha infância”  faz a gente ter vontade de sair dançando por aí, e achando o mundo um lugar mais bonito…

“Você é assim, um sonho pra mim e quando eu não te vejo,  eu penso em você, desde o amanhecer até quando eu me deito… Eu gosto de você, e gosto de ficar com você. Meu riso é tão feliz contigo, o meu melhor amigo
É o meu amor… E a gente canta, e a gente dança, e a gente não se cansa de ser criança, a gente brinca na nossa velha infância… seus olhos meu clarão, me guiam dentro da escuridão. Seus pés me abrem o caminho eu sigo e nunca me sinto só… Você é assim, um sonho pra mim quero te encher de beijos (…)”

4 – Final Feliz

Jorge Versillo fala de amor com muita profundidade, e ouví-lo cantar com Djavan, é perfeito. Adoro a letra de “Final Feliz”, afinal de contas, quem disse que toda história de amor tem que ter final trágico?

“Chega de fingir, eu não tenho nada a esconder. Agora é pra valer, haja o que houver. Não to nem aí, Eu não to aqui pro que dizem, eu quero é ser feliz, e viver pra ti. Pode me abraçar sem medo, pode encostar sua mão na minha. Meu Amor, deixa o tempo se arrastar sem fim. Meu amor, não há mal nenhum gostar assim. Oh, Meu bem, acredite no final feliz… Meu amor… Meu amor…”

5 – Ainda Bem

Vanessa da Mata é outra pedra preciosa! Tudo que ela canta fica lindo. É até difícil escolher, mas escolhi “Ainda Bem”, por falar da alegria de se encontrar o amor… “nesse mundo de tantos anos, entre tantos outros, que sorte a nossa (…)”, acho que é bem por aí…

“Ainda bem que você vive comigo, porque senão como seria esta vida?
Sei lá, sei lá. Nos dias frios em que nós estamos juntos, nos abraçamos sob o nosso conforto de amar, de amar. Se há dores tudo fica mais fácil, seu rosto silencia e faz parar, as flores que me manda são fato, do nosso cuidado e entrega. Meus beijos sem os seus não dariam, os dias chegariam sem paixão. Meu corpo sem o seu uma parte, Seria o acaso e não sorte. Nesse mundo de tantos anos, entre tantos outros, que sorte a nossa hein? Entre tantas paixões esse encontro nós dois, esse amor.”

6 – O que eu também não entendo

Eu amo as baladas de amor dos meus conterrâneos do Jota Quest. Reza a lenda que “O que eu também não entendo” foi uma carta de amor verdadeira, que foi musicada… certamente, namorada inspirada essa que escreveu para o Flausino…

  “Essa não é mais uma carta de amor , são pensamentos soltos traduzidos em palavras. Prá que você possa entender o que eu também não entendo… Amar não é ter que ter sempre certeza, é aceitar que ninguém é perfeito prá ninguém. É poder ser você mesmo e não precisar fingir, é tentar esquecer e não conseguir fugir, fugir… Já pensei em te largar, já olhei tantas vezes pro lado, mas quando penso em alguém é por você que fecho os olhos. Sei que nunca fui perfeito, mas com você eu posso ser até eu mesmo que você vai entender… Posso brincar de descobrir desenho em nuvens, posso contar meus pesadelos, e até minhas coisas fúteis. Posso tirar a tua roupa, posso fazer o que eu quiser, posso perder o juízo, mas com você eu tô tranquilo, tranquilo… Agora o que vamos fazer, eu também não sei. Afinal, será que amar é mesmo tudo? Se isso não é amor, o que mais pode ser? Estou aprendendo também…”

7 – Um Amor Puro

Eu simplesmente amei essa música à primeira vista. Não é a mais famosa de Djavan, talvez vocês prefiram outras, mas é minha favorita!

“O que há dentro do meu coração, eu tenho guardado pra te dar. E todas as horas que o tempo tem pra me conceder são tuas até morrer. E a tua história, eu não sei. Mas me diga só o que for bom, um amor tão puro que ainda nem sabe a força que tem é teu e de mais ninguém. Te adoro em tudo, tudo, tudo te quero mais que tudo, tudo, tudo. Te amar sem limites, viver uma grande história.”

8 – Um Certo Alguém

Lulu Santos também sabe fazer poesia… um jeito alegre de cantar o amor. Como diria Santo Agostinho “Ama, e faze o que quiseres”, afinal, se é o amor verdadeiro que te guia, é Deus que se manifesta através de ti…

“Quis evitar teus olhos mas não pude reagir, fico à vontade então. Acho que é bobagem, a mania de fingir negando a intenção. E quando um certo alguém cruzou o teu caminho e te mudou a direção. Chego a ficar sem jeito mas não deixo de seguir a tua aparição. Quando um certo alguém desperta o sentimento é melhor não resistir e se entregar.”

9 – Um Dia de Domingo

Gal Costa e Tim Maia… super linda essa música!

“Eu preciso te falar, te encontrar de qualquer jeito, pra sentar e conversar, depois andar de encontro ao vento. Eu preciso respirar o mesmo ar que te rodeia e na pele quero ter o mesmo sol que te bronzeia. Eu preciso te tocar
e outra vez te ver sorrindo, te encontrar num sonho lindo. Já não dá mais pra viver um sentimento sem sentido, eu preciso descobrir a emoção de estar contigo. Ver o sol amanhecer e ver a vida acontecer como um dia de domingo. Faz de conta que  ainda é cedo, tudo vai ficar por conta da emoção. Faz de conta que ainda é cedo e deixar falar a voz do coração”

10 - Explode Coração

Gonzaguinha arrasou os corações literalmente com essa letra… com Maria Bethânia cantando então, haja coração!

“Chega de tentar dissimular e disfarçar e esconder, o que não dá mais pra ocultar, e eu não posso mais calar, já que o brilho desse olhar foi traidor. E entregou, o que você tentou conter, o que você não quis desabafar e me cortou. Chega de temer, chorar, sofrer, sorrir, se dar. E se perder e se achar, e tudo aquilo que é viver. Eu quero mais é me abrir que que essa vida entre assim, como se fosse o sol, desvirginando a madrugada, quero sentir a dor dessa manhã: nascendo, rompendo, rasgando tomando meu corpo e então, eu chorando, sofrendo, gostando, adorando, gritando… feito louca alucinada e criança, sentindo meu amor se derramando… não dá mais pra segurar, Explode Coração!”

 

E você, faria a lista diferente? O que colocaria? O que tiraria? Qual a música que embalou sua história de amor?


 

Na categoria Sem categoria. Etiquetas: , , . 6 Comments »
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 357 outros seguidores